Sexta-feira, 13 de Abril de 2012

IPRIS Viewpoints 90

Paulo Gorjão, "São Tomé and Príncipe: The Butterfly Effect from Macau to Taipei" (IPRIS Viewpoints, No. 90, April 2012).

 

Download Full Text: Here.

Do you wish to subscribe our publications, free of charge?

publicado por IPRIS às 11:30
link do post | favorito
partilhar
Quinta-feira, 15 de Março de 2012

IPRIS Lusophone Countries Bulletin: 2011 Review

Table of Contents:

 

Vasco Martins, "Angola in 2011: West Africa, Asia, and Security Exports"

Sean Goforth, "Brazil in 2011: Growing Pains"

Pedro Seabra, "Cape Verde in 2011: Turning Atypical into Typical"

David Zounmenou, "Guinea-Bissau in 2011: Between Stability and Uncertainties"

Kai Thaler, "Mozambique in 2011: Staying the Path"

Paulo Gorjão, "Portugal in 2011: The Downgrade of All Fears"

Gerhard Seibert, "São Tomé and Príncipe in 2011: Again Waiting for Better Times, With a New Old President"

Nuno Canas Mendes, "Timor Leste in 2011: The Prelude of a New Cycle?"

 

Do you wish to subscribe our publications, free of charge?

publicado por IPRIS às 21:41
link do post | favorito
partilhar
Sexta-feira, 2 de Setembro de 2011

IPRIS Lusophone Countries Bulletin 22

Table of Contents:
Sean Goforth, "Brazil: Dilma's dilemma"
Marina Costa Lobo, "Equatorial Guinea fakes reforms to enter the CPLP"
Gerhard Seibert, "São Tomé and Príncipe: in the third attempt and after twenty years, a former autocrat returns to the presidency"
Timeline of Events

Reading List

 

Download Full Text: Here.

Do you wish to subscribe our publications, free of charge?

publicado por IPRIS às 18:34
link do post | favorito
partilhar
Quinta-feira, 4 de Agosto de 2011

IPRIS Viewpoints 70

São Tomé and Príncipe: the final decision of the presidential elections

 

João Ricardo Mendes

 

Manuel Pinto da Costa is considered by local media and some foreign analysts as the favorite to replace Fradique de Menezes after his last presidential term. On August 7, we will see if the São Toméan voters were willing to elect Manuel Pinto da Costa or if they preferred to give a blank check to ADI's political family.

 

Download Full Text: Here.

Do you wish to subscribe our publications, free of charge?

publicado por IPRIS às 16:06
link do post | favorito
partilhar
Quarta-feira, 13 de Julho de 2011

IPRIS Viewpoints 67

From São Tomé to Praia: two elections, a different set of expectations

Pedro Seabra

At a glance, any immediate and swift analysis of both São Tomé and Príncipe and Cape Verde would certainly reach the conclusion that both countries are headed for a quintessential political summer. With presidential elections scheduled for July 17 and August 7, easy comparisons between the decisions that these two insular Lusophone states will have to make in the coming months, are thus only expected.


Download Full Text: Here.

Do you wish to subscribe our publications, free of charge?

publicado por IPRIS às 13:09
link do post | favorito
partilhar
Sexta-feira, 8 de Julho de 2011

IPRIS Viewpoints 64

São Tomé and Príncipe: follow up of the first round of the Presidential elections

João Ricardo Mendes

The next President of the Palácio Cor de Rosa will surely face a difficult task and probably focus his attention on the country's external credibility, fighting for good governance and, above all, ensuring political stability. For all these reasons, the upcoming presidential elections in São Tomé and Príncipe will certainly be very interesting to follow.


Download Full Text: Here.

Do you wish to subscribe our publications, free of charge?

publicado por IPRIS às 11:11
link do post | favorito
partilhar
Terça-feira, 14 de Junho de 2011

IPRIS Viewpoints 63

The Portuguese-speaking African countries and regime change in Libya

Paulo Gorjão

As far as the Portuguese-speaking African countries are concerned, Angola's foreign policy will benefit from the Libyan regime change, Cape Verde and Mozambique will be able to live with it, while Guinea-Bissau and São Tomé and Príncipe will inevitably end up paying the bill.


Download Full Text: Here.

Do you wish to subscribe our publications, free of charge?

publicado por IPRIS às 18:29
link do post | favorito
partilhar
Quarta-feira, 25 de Maio de 2011

IPRIS Viewpoints 58

São Tomé and Príncipe: an election to divide them all?

Pedro Seabra

Against all odds, becoming the next President of São Tomé and Príncipe is quickly turning out to be one of the most coveted political races in the entire region. Indeed, judging from the multitude of pre-announced -- already formalized or soon to be -- candidacies, the next few months in the small archipelago promise a divisive campaign with no clear frontrunner in sight.


Download Full Text: Here.

Do you wish to subscribe our publications, free of charge?

publicado por IPRIS às 19:43
link do post | favorito
partilhar
Terça-feira, 3 de Maio de 2011

A queda de Kadhafi e o equilíbrio de forças na África subsariana

Paulo Gorjão

 

A Gâmbia foi o primeiro país africano a reconhecer em Abril o Conselho Nacional de Transição (CNT), criado pelos rebeldes líbios em Fevereiro, como único representante legítimo da Líbia. A decisão da Gâmbia - um aliado de longa data na África ocidental de Muammar Kadhafi - tem sobretudo um valor simbólico, mas em todo o caso alerta para uma das facetas menos abordadas na mudança de regime em curso na Líbia: as suas implicações para a África subsariana, incluindo a lusófona.

Nas últimas duas décadas Kadhafi tem optado por uma estratégia de crescente afirmação na África subsariana, tanto no plano multilateral - por intermédio da União Africana (UA), na qual a Líbia é um dos membros mais influentes - como a nível bilateral.

A inevitável deposição de Kadhafi terá repercussões no âmbito da assistência financeira prestada por Trípoli e, por conseguinte, na orientação da política externa líbia para a África subsariana. Há uma forte probabilidade de o seu sucessor (oriundo do CNT ou com o seu aval) redefinir a política externa líbia, de modo a privilegiar as relações com a Europa, o Magrebe e o Médio Oriente, isto é, Norte e Este.

No âmbito da África subsariana, esta alteração estrutural tem como principais beneficiários a África do Sul e a Nigéria, uma vez que lhes permite reforçar a sua influência no continente africano. Recordo que não foi seguramente por acaso que estes dois países africanos, juntamente com o Gabão, votaram favoravelmente a Resolução 1973 do Conselho de Segurança da ONU, que autorizou a comunidade internacional a estabelecer uma zona de exclusão aérea na Líbia.

Um terceiro beneficiário será Angola, pelas mesmas razões, embora em menor grau. Em sentido contrário, nos países lusófonos, os grandes prejudicados serão a Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe, beneficiários regulares, nas últimas décadas, da ajuda financeira de Kadhafi. As relações de proximidade do presidente Malam Bacai Sanhá com Kadhafi são conhecidas e este em diversas ocasiões deslocou-se em visitas oficiais à Líbia. De igual modo, depois da insurreição militar de Abril de 2010, não passou despercebido que uma das primeiras deslocações do general António Indjai, um dos líderes das movimentações e actual CEMGFA, foi à Líbia, onde foi recebido pelo próprio Kadhafi.

O padrão de proximidade repete-se com São Tomé e Príncipe. Eleito em 2001, o presidente Fradique de Menezes visitou a Líbia nos últimos anos em várias ocasiões. O primeiro-ministro Patrice Trovoada, pouco depois de ter sido eleito, em Agosto de 2011, escolheu a Líbia como destino de uma das suas primeiras deslocações oficiais ao estrangeiro.

Para Bissau e São Tomé, a deposição de Kadhafi não tem apenas como consequência custos de natureza financeira. A mudança de regime na Líbia acarreta também custos políticos, uma vez que lhes retira espaço de manobra no relacionamento com terceiros, nomeadamente com Angola e com Portugal.

Quem diria, em retrospectiva, que a decisão de um cidadão tunisiano de se imolar pelo fogo daria lugar a uma sequência de acontecimentos que conduziria à queda de diversos líderes autoritários e que teria impacto indirecto em locais tão distintos como Abuja, Bissau, Luanda, Pretória ou São Tomé.

 

(Artigo publicado hoje no jornal i.)

publicado por IPRIS às 12:00
link do post | favorito
partilhar
Segunda-feira, 4 de Abril de 2011

IPRIS Lusophone Countries Bulletin: 2010 Review

Table of Contents:
"Angola: forging identity in foreign policy making", Vasco Martins
"Brazil: preparing for the dawn of a new era", Sean Goforth
"Cape Verde: a profilic year", Pedro Seabra
"Guinea-Bissau: still in the eye of the storm", David Zounmenou
"Mozambique: strength on the surface, but fissures emerging", Kai Thaler
"Portugal: punching above its weight", Paulo Gorjão
"São Tomé and Príncipe: promises and disappointments", Gerhard Seibert
"Timor Leste: recalling 2010, anticipating 2011", Reinaldo Saraiva Hermenegildo

 

Download Full Text: Here.

Do you wish to subscribe our publications, free of charge?

 

publicado por IPRIS às 12:03
link do post | favorito
partilhar

More about IPRIS

Search

Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Recent Posts

IPRIS Viewpoints 90

IPRIS Lusophone Countries...

IPRIS Lusophone Countries...

IPRIS Viewpoints 70

IPRIS Viewpoints 67

IPRIS Viewpoints 64

IPRIS Viewpoints 63

IPRIS Viewpoints 58

A queda de Kadhafi e o eq...

IPRIS Lusophone Countries...

Archives

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds